Quatro coisa que deveríamos saber sobre o colesterol e a gordura

Tanto vemos em spots publicitários sobre produtos que baixam o colesterol, em programas de saúde na TV e em publicações na internet, que há informações que parecem adquiridas mas nem sempre nós sabemos exatamente do que se trata. Para isso está cá o Caça ao Mito:

1 – O que é o colesterol?

Se ninguém disse ou você pensava de outra forma, preparem-se para a surpresa: esta é a ÚNICA FORMA DE COLESTEROL EXISTENTE!

images

Mas e o bom e o mau colesterol, não existem?
O LDL e o HDL são lipoproteínas, moléculas que transportam o colesterol através do sangue, já que o colesterol não se dissolve em água. As lipoproteínas transportam também gorduras e triglicerídeos através do sangue para todo o corpo. Existem vários tipos de lipoproteínas que diferem em tamanho e densidade, indo do quilomicron ao HDL.
No seu exame de sangue, os níveis de HDL, dito bom colesterol, e o LDL, dito mau colesterol, não se refere ao colesterol mas à essas lipoproteínas transportadoras de colesterol entre outras coisas. Já agora, no mesmo exame, os triglicerídeos também não são triglicerídeos, mas VLDL, outra lipoproteína.

lipoproteins

Voltando ao que realmente é o colesterol, é importante dizer algo que não se lê praticamente em nenhum lugar: O COLESTEROL É ESSENCIAL PARA A VIDA. Não podes viver sem ele.
Existe uma condição rara que se chama síndrome de Smith-lemli-Opitz. Os indivíduos que a possuem têm problemas na produção de colesterol, possuindo níveis muito baixos do mesmo. Uma simples pesquisa no motor de busca permite-nos encontrar a lista de efeitos resultantes dessa condição. Entre eles:

– abortos espontâneos em fetos com a síndrome;
– perda da audição;
– perda da visão ;
– doenças cardíacas;
– morte por falha múltipla de órgão nas primeiras semanas de vida.

Para os mais interessados, encontram mais informações sobre esta síndrome em:
http://repositorio.chlc.min-saude.pt/bitstream/10400.17/2097/1/Acta%20Pediatr%20Port%202012_43_47.pdf

O colesterol é tão importante que impossível você consumir a quantidade de colesterol que o seu corpo precisa diariamente e para colmatar essa lacuna, o fígado produz de 4 a 5 vezes aquilo que você consumiu de colesterol. De facto, você teria que ingerir de 6 a 8 gemas de ovos todos os dias para conseguir aquilo que o corpo necessita.

Algumas das razões para a importância do colesterol:

– as sinapses, conexões nervosas do cérebro, são feitas principalmente de colesterol;
– a vitamina D é produzida a partir do colesterol com a ação da luz solar na nossa pele;
– as membranas celulares precisam de colesterol que mantêm a integridade estrutural da célula;
– as hormonas sexuais são feitas de colesterol (e não só).
Já se percebe por que os ovos têm tanto colesterol. Porque é preciso muito colesterol para “construir” o pintainho que deveria estar a ser formado dentro do ovo.

2 – O que é uma gordura saturada?

Captura de ecrã 2016-05-09, às 14.42.10

Não é uma aula de química, mas é preciso expor assim para se perceber a diferença entre gordura saturada e insaturada.
A gordura saturada é muito simples, possui carbono, oxigénio e hidrogénio e um grupo COOH numa ponta.

3 – O que é uma gordura insaturada?

Captura de ecrã 2016-05-09, às 14.46.40

Uma gordura insaturada é uma gordura com aquela secção no meio aonde faltam dois átomos de hidrogénio, havendo uma ligação dupla entre átomos de carbono. Se acontecer apenas uma vez, é chamada mono-insaturada, se acontecer mais vezes, é chamada poli-insaturada.
Podem ver as diferenças todas aqui:

Captura de ecrã 2016-05-10, às 18.06.01

4 – Como transformar uma gordura liquida em gordura sólida

A gordura insaturada é líquida mas pode ficar sólida através de um processo chamado de hidrogenação (gordura hidrogenada, já viram em rótulos com certeza). Ao disparar átomos de hidrogénio contra a gordura insaturada, é possível “saturá-la” e torná-la sólida, como a margarina, por exemplo.
A questão importante aqui é que a molécula formada é estranha, tem uma forma que não é encontrada na natureza. Apesar de ter exatamente o mesmo número de átomos que a gordura saturada, a forma da molécula é diferente, o que é percebido de maneira completamente diferente pelo seu corpo. Essas gorduras são conhecidas como gorduras trans e não, a palavra não vem de transgénico.

trans-and-cis-fats-molecules

NOTA: Se algo se perder ao longo do artigo, que fique aqui claro que você deve EVITAR AO MÁXIMO essas gorduras.

Qual é a diferença? As nossas enzimas não estão preparadas para lidar com esse tipo de gorduras. Apesar disso, essas gorduras são vendidas como meio de baixar o nosso colesterol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *