Thrusters

Existem dois exercícios que me assustam sempre que os vejo escritos no quadro: um é o burpee (o pior de todos, para mim) e o outro é o thruster. Este ultimo é muito parecido com o wallball mas normalmente com uma carga bem superior. O que me assusta não são cargas altas mas repetições numerosas…

Mas aqui também a técnica é nossa aliada e não é difícil notar a diferença. Experimentem essas alterações propostas no vídeo, testem com um alto numero de repetições e não se esqueçam de respirar. A diferença é grande e mesmo o 16.5 não nos mete tanto medo se conseguirmos manter um bom padrão de movimento.

2 comentários Adicione o seu

  1. Henrique Da Silva diz:

    E quando se juntam os 2 no mesmo treino? Que maravilha 🙂

    Parabens pela iniciativa e força pra frente

    Abraço

  2. AlexGomes diz:

    Muito obrigado pelo comentário.
    Sem dúvida que misturar thrusters e burpees é só alegria. Difícil pensar num couplet pior…
    Um grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *