Chest to Bar

Durante mais do que um ano estive a procura de perceber como conseguir o chest to bar em butterfly sem bater com o queixo na barra. Por mais que eu tentasse só conseguia tocar com o peito na barra se fizesse o kipping mas mesmo assim era ineficiente. Não que eu seja super eficiente hoje, mas consegui perceber que algumas alterações no movimento são capazes de fazer milagres. Depois disso é pôr volume de treino, com EMOMs por exemplo.

Na técnica de kipping, um erro comum é subir o suficiente e ter dificuldade em tocar com o peito na barra e no butterfly a posição das pernas é o que dita o padrão de movimento.
Neste vídeo conto com a ajuda do António Mota, atleta do CrossFit CUBO, por sinal, muito eficiente nos Chest to Bar.

Bons treinos

Um comentário Adicione o seu

  1. Pedazo de aporte, me a encantado el articulo, sigue asi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *